Tanto escrevia em folhas soltas, sobras de papel, margens de outros textos como em cadernos de notas. Em texto dactilografado, escrito ou rabiscado, são mais de 25 mil folhas com textos vários que vão desde a poesia e conto à crítica literária, das peças de teatro a textos políticos, da teoria linguística ao horóscopo. Desenvolveu heterónimos vários a quem atribuiu personalidades, características físicas, atitudes e inclinações políticas e literárias.

No dia 30 de novembro faz 80 anos da morte de Fernando Pessoa e a Escola Secundária João de Deus vai assinalar a data com um menu recheado de surpresas e poemas.

Scroll to Top