Dois Clubes de Ciência Viva na Escola, dois concelhos, o mesmo objetivo: promover o ensino experimental das ciências dentro e fora da sala de aula, potenciando o desenvolvimento de soft skills em ambiente escolar.

Um total de 16 professores dos Agrupamentos de Escolas João de Deus e Dr. Francisco Fernandes Lopes reuniram-se no Centro de Ciência Viva do Algarve num sábado de manhã, 11 de setembro, para explorar as potencialidades pedagógicas da contrução e lançamento de foguetões de água.

O professor Emanuel Bettencourt partilhou a sua experiência na realização deste projeto, na Escola Secundária Dr. Francisco Fernandes Lopes, na disciplina de Física e Química A e de Física. Os alunos exploram tópicos como lançamento de projéteis e leis do movimento e desenvolvem várias áreas de competências definidas no Perfil dos Alunos à saída da escolaridade obrigatória, tendo como objetivo último o lançamento do foguetão e recuperação do seu tripulante – um ovonauta (Tamanho L, Estado físico Cru).

Os docentes dos dois agrupamentos construíram rampas de lançamento, que posteriormente serão utilizadas pelos alunos, e efetuaram o lançamento de foguetões no espaço exterior do Centro de Ciência Viva do Algarve.

Foi uma manhã de partilha de conhecimentos, experiências e boas práticas dos docentes dos dois agrupamentos.  A concretização de uma Competição Ovonauta inter-concelhia é o próximo desafio dos dois CCVnE.

Esta atividade de capacitação profissional de docentes foi cofinanciada pelo programa operacional regional CRESC ALGARVE 2020.

cresc
Scroll to Top