Provas e Exames 2022

Exames Nacionais

e Provas de Equivalências à Frequência

O calendário escolar para o ano letivo 2021-2022 prevê a realização das provas de aferição, nos 2.º, 5.º e 8.º anos; das provas finais de ciclo, no 9.º ano; e dos exames finais nacionais, nos 11.º e 12.º anos.  É o regresso à normalidade no que respeita a estas avaliações externas, depois de, nos dois anos letivos anteriores, a pandemia ter obrigado à suspensão das provas de aferição e das provas finais de ciclo e ao adiamento dos exames finais nacionais.

Já foi publicado o decreto-lei que estabelece as medidas excecionais e temporárias relativamente à avaliação, aprovação e conclusão dos ensinos básico e secundário e para efeitos de acesso ao ensino superior. O Decreto-Lei n.º 27-B/2022 estabele que os exames irão contar apenas para efeitos de acesso ao ensino superior.

Também já está disponível o Despacho Normativo n.º 7-A/2022, que valida as informações que constam neste artigo, e que define o Regulamento das Provas de Avaliação Externa e das Provas de Equivalência à Frequência dos Ensinos Básico e Secundário para o ano letivo 2021/2022. Com base nessa norma, também já foi publicado o Guia Geral de Exames 2022.

Provas de Aferição

As provas de aferição decorrem em maio e junho de 2022. No 2.º ano, estas provas realizam-se às disciplinas de Educação Artística, Educação Física, Português e Estudo do Meio e Matemática e Estudo do Meio. Por sua vez, no 5.º ano, são aferidos os conhecimentos dos alunos às disciplinas de Matemática e Ciências Naturais. Finalmente, os alunos do 8.º ano são avaliados às disciplinas de Português, História e Geografia.

Para que servem?

As provas de aferição têm como objetivo a devolução de informação às escolas, bem como aos professores, alunos e encarregados de educação, sobre as aprendizagens efetuadas pelos alunos, de modo a permitir uma intervenção pedagógica atempada dirigida às dificuldades identificadas para cada aluno. Estas avaliações não têm qualquer influência na classificação final.

Provas Finais de Ciclo

Os alunos do 9.º ano fazem as habituais provas finais de ciclo às disciplinas de Português e Matemática, abrangendo os conteúdos lecionados do 7.º ano ao 9.º ano. Estas provas são realizadas em duas fases: a primeira, em junho, e a segunda, em julho.

Para que servem?

As provas finais de ciclo visam avaliar o desempenho dos alunos no final do ensino básico e certificar a conclusão deste nível de ensino. Contribuem com um peso de 30% para a classificação final das disciplinas avaliadas.

Exames Finais Nacionais

Os exames finais nacionais, realizados pelos alunos dos 11.º e 12.º anos, decorrem em duas fases, entre junho e julho.

Para que servem?

Os exames finais nacionais são as avaliações mais importantes da escolaridade obrigatória. Têm duas finalidades: avaliar o desempenho dos alunos nos últimos anos do ensino secundário, com um peso de 30% na classificação final das disciplinas avaliadas, e servir como prova de ingresso ao ensino superior, com um peso entre 35% e 50%, consoante a exigência do estabelecimento de ensino superior.

matriculas banner

Últimas Informações

Exames e Provas de Equivalência à Frequência 2021

Modelos

Provas Finais e Exames Nacionais

(em breve)

Scroll to Top