Publica-se aqui a lista das escolas de referência para acolhimento de filhos de trabalhadores de serviços essenciais.

Esta lista é dinâmica e poderá, face ao evoluir da situação, sofrer alterações. Estas alterações serão sempre realizadas pela DGEstE, em articulação com os AE/ENA e os municípios.

Esta situação aplica-se quando a “mobilização para o serviço ou prontidão obste a que prestem assistência aos mesmos”. Os interessados deverão entrar em contacto direto com as escolas de referência, apresentando as suas necessidades. Caso a caso terão os AE/ENA e Câmaras Municipais de decidir quais as melhores condições para dar resposta às solicitações, recorrendo, naturalmente, ao nosso apoio, quando necessário.

Scroll to Top