A cumprir o programa “Celebrar 50 anos de Liberdade”, do Departamento de Ciências Sociais e Humanas do nosso agrupamento, as turmas 11H, 11F e 12D, deslocaram-se a Lisboa no dia 16 de janeiro, para realizarem uma visita de estudo ao Museu da Resistência e da Memória: Aljube e posterior peddy-paper sobre os locais e momentos chave do dia 25 de abril de 1974.

A visita aos lugares em que desenrolaram as movimentações militares enquadrada pela visita guiada ao Museu Nacional da Liberdade e Resistência – Aljube corresponde ao  propósito de sensibilizar e formar para os valores democráticos.  Recordar Abril, pensar a resistência e a revolução dos cravos para preservar a Liberdade foi o mote desta experiência que esperamos ter sido esclarecedora e promotora da participação cívica e da defesa dos direitos humanos.

Alguns registos das opiniões dos alunos/as que participaram na Visita:

“Sinto-me esclarecida perante a história mais inacessível de um período “taboo” do meu próprio país. Esta visita fez-me refletir de maneira distinta sobre o regime ditatorial do estado novo. Encontro-me, agora, conhecedora de muitos novos paradigmas desta época histórica.”

“Gostamos da experiência e concluímos que foi uma visita de estudo muito interessante e necessária para termos controlo sobre as futuras decisões que iremos tomar no futuro.”

“Foi realmente muito interessante, aprendi bastante acerca do medo e pressão da censura durante a ditadura em Portugal.”

Equipa de CD do AEJD

Scroll to Top